Dudu da Rocinha é condenado a 73 anos de prisão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de dezembro de 2005 as 12:46, por: cdb

O traficante Eduíno Eustáquio Araújo Filho, o Dudu da Rocinha, foi condenado a 73 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de latrocínio, homicídio, formação de quadrilha e tentativa de homicídio.

O advogado do bandido, Maurício Neville, no entanto, disse que vai recorrer da sentença. A sentença foi proferida pelo juiz Fábio Uchoa, do 1º Tribunal do Júri, após onze horas de julgamento. O júri foi composto por quatro homens e três mulheres.

Dudu da Rocinha é acusado da morte da mineira Telma Veloso Pinto, na Avenida Niemeyer, em abril de 2004, quando ela voltava de um passeio com a família na Barra da Tijuca, no feriado de Sexta-feira Santa.

Ele também foi a júri popular por lesões corporais feitas no sobrinho de Telma, Artur Veloso Pinto Zarbo, e por participação na morte do morador da Rocinha, Wellington da Silva.

Em 11 de novembro, o 1º Tribunal do Júri condenou a um total de 227 anos de reclusão em regime fechado outros quatro integrantes da quadrilha do traficante Dudu da Rocinha: Pedro Arthur de Faria, o D’Oscar, foi condenado a 84 anos; Alexsandro Santanna da Silva, o Sapo Boi, a 69 anos; Fábio Roberto Santos, o Binho, a 68 anos; e Patrick Salgado Souza Martins, o PT, a 6 anos.