Dono de jornal é escolhido primeiro ministro da Coréia do Sul

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de agosto de 2002 as 11:44, por: cdb

O presidente da Coréia do Sul, Kim Dae-jung, escolheu Chang Dae-whan, dono de um dos maiores jornais financeiros do país, como o novo primeiro-ministro.
A informação foi duvulgada nesta sexta-feira pelo gabinete de Kim.
O nome de Chang precisa ser agora aprovado pela Assembléia Nacional.
A escolha de Chang, de 50 anos, presidente do jornal Maeil foi feita após a rejeição, na semana passada, da escolha anterior de Kim.

O presidente queria que a presidente de uma universidade coreana fosse primeiro-ministro, sendo a primeira mulher na história do país a ocupar o cargo. O cargo de primeiro-ministro é basicamente simbólico, mas o primeiro-ministro é o primeiro da linha de sucessão caso o presidente esteja incapacitado de permanecer no poder. Os aliados de Kim Dae-jung não tiveram um bom desempenho nas eleições regionais, realizadas na semana passada no país. Segundo analistas, isso é um mau sinal para as próximas eleições presidenciais, que serão realizadas no fim do ano.

O número de não-votantes foi grande por causa do período de férias e das fortes enchentes que atingem o país,que mataram pelo menos cinco pessoas. Kim não pode concorrer a reeleição, de acordo com a Constituição. Mas o candidato do governo, Roh Moo-hyun, não está bem nas pesquisas.