Dólar continua em queda pelo terceiro dia consecutivo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de dezembro de 2002 as 13:31, por: cdb

Pelo quarto dia consecutivo, o dólar comercial aponta para baixo. Na manhã desta quarta-feira, a divisa norte-americana era cotada a R$ 3,529 para compra e a R$ 3,539 para venda, com retração de 1,15%. Segundo alguns operadores, a expectativa em relação ao Copom contribui para o reduzido volume de negócios.

Segundo um técnico da área, a liquidez também é restrita nesta manhã. “Qualquer saída de US$ 10 milhões já pode estressar um pouquinho o mercado”, diz. Até o momento, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 3,53 e a máxima de R$ 3,555 na ponta vendedora.

Os investidores repercutem ainda a sabatina do futuro presidente do Banco Central (BC) , Henrique Meirelles, no Senado, ontem. O executivo anunciou que o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, pretende tornar fixo o mandato dos diretores do BC, o que dará mais autonomia à instituição.

Um operador estima que o BC não deve oferecer linhas externas hoje. “O BC já deu bastante liquidez para o mercado virar o ano”, comenta. Nesta semana, a autoridade monetária já vendeu US$ 300 milhões com compromisso de recompra em 6 de janeiro. O motivo é que muitos bancos internacionais não querem registrar empréstimos a companhias brasileira em seus balanços.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) , o contrato de câmbio que vence em janeiro projetava o dólar a R$ 3,529 na virada do ano, com queda de 0,87%, após 14,7 mil papéis negociados. No paralelo, as trocas ocorriam entre R$ 3,55 e R$ 3,62, com recuo de 1,09%.