DNOCS começa obras de recuperação de barragens no PI

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 as 13:36, por: cdb

 Serviço começa pelas barragens Joana, Cajazeiras e Caldeirão
Jarbas Santana

José Carvalho, coordenador do DNOCS-PI

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) já autorizou o início das obras de recuperação de mais três barragens públicas no interior do Piauí. Nas obras, o governo vai investir R$ 1,3 milhão, recursos do Ministério da Integração Nacional.

De acordo com José Carvalho, coordenador do Dnocs no Piauí, no edital de licitação, serão beneficiadas as barragens Joana, em Pedro II, Caldeirão, em Piripiri, e Cajazeiras, em Pio IX. O Governo do Estado, por sua vez, trabalha na recuperação de outras barragens, como Poços, Algodões II e São Vicente.

O trabalho atinge as barragens mais antigas, como a de Cajazeiras – construída há mais de 50 anos – e que exigem uma atenção maior. A barragem Joana, por sua vez, apresentou problema na tomada d’água no inverno de 2004 e necessita de recuperação na sua estrutura. Na barragem Caldeirão, serão executados serviços de manutenção para correção.

Os reservatórios atendidos pelas obras estão na relação de barragens que necessitam de reparos, feita a partir de fiscalização de engenheiros do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-PI), no ano passado.

O governador Wilson Martins também quer recursos para recuperar as barragens Petrônio Portella, em São Raimundo Nonato, Pedra Redonda, em Conceição do Canindé, Salinas, em São Francisco do Piauí, e Piracuruca, no município de Piracuruca. Ele já fez a solicitação ao Governo Federal.

As barragens servem para abastecimento das populações do entorno, para agricultura de vazante e para piscicultura. Recentemente, o Dnocs recuperou a Barragem de Bocaina, que tem a função de perenizar o rio Guaribas e que também é usada para irrigação e piscicultura.