Dirigente do Hamas diz que trégua foi aceita para evitar conflitos internos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de julho de 2003 as 11:11, por: cdb

O Hamas aceitou suspender os ataques contra Israel para impedir confrontos entre palestinos, afirmou um dos principais dirigentes do movimento, Abdelaziz al-Rantissi, citado nesta quinta-feira pelo diário libanês As-Safir.

– O único motivo para a aceitação [das tréguas] pelo Hamas foi evitar que o nosso povo sofra os horrores de confrontos internos – disse Rantissi em entrevista ao As-Safir.

A trégua foi anunciada pelo Hamas, o Fatah, de Yasser Arafat, e a Jihad Islâmica, que afirmou em 29 de junho tê-la aceitado para “impedir uma guerra civil” palestina.

Em outro momento da entrevista, Rantissi previu que a trégua não terá uma longa duração, uma vez que Israel tentará provocar os grupos armados palestinos.