Diretor do IML do Rio é atacado a tiros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de setembro de 2003 as 10:20, por: cdb

O diretor do Instituto Médico-Legal (IML) e coordenador de Polícia Técnica do Rio de Janeiro, Roger Ancillotti, foi atacado a tiros nesta quarta-feira. Ele andava de carro pela Rua São Francisco Xavier, junto ao Viaduto da Mangueira, quando dois homens numa motocicleta atiraram pelo menos quatro vezes contra o veículo.

De acordo com o jornal O Globo, os agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) que faziam a escolta do diretor do IML reagiram, baleando os criminosos. Uma testemunha afirma ter visto os mesmos homens tentando roubar outra moto pouco antes.

A hipótese de que eles atiraram só porque achavam que estavam sendo perseguidos não é descartada. Desde o início do mês, Ancillotti teve a segurança reforçada. No dia 8, sua secretária recebeu um telefonema no gabinete do IML em que o interlocutor avisava que ele estava com a cabeça a prêmio.