Dilma será recebida na Bienal do Livro do Rio com um protesto de servidores em greve

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de setembro de 2011 as 13:43, por: cdb

Alana Gandra
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Entoando palavras de ordem contra a política educacional do governo, um grupo de servidores federais da área de educação, que estão em greve, e estudantes secundaristas aguarda a chegada da presidenta Dilma Roussef ao Riocentro, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Dilma abrirá esta tarde (1º) a 15ª Bienal do Livro.

O coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal Fluminense (Sintuff), Pedro Rosa, disse que o protesto não é apenas por melhores salários, mas, também, pela contratação, via concurso público, de mais servidores para a área da educação. 

Edição: Vinicius Doria