Dilemário diz que fundação da Associação dos Agricultores Familiares é uma vitória para categoria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 24 de janeiro de 2012 as 14:53, por: cdb

O secretário Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Cuiabá (SMTDE), Dilemário Alencar, comemorou a decisão dos agricultores familiares de criarem, na última segunda-feira (23-01), uma associação para representar a categoria. Para o secretário, essa é uma decisão histórica que proporcionará grandes avanços sociais e econômicos para os agricultores familiares.

“Fico feliz com a fundação da associação, pois por determinação do prefeito Chico Galindo, trabalhamos junto com os agricultores familiares residentes na zona rural de Cuiabá para conscientizá-los sobre a importância de se organizarem em uma única entidade de classe, para lutar pelo fortalecimento da agricultura familiar e por dias melhores para a categoria”, discorreu Dilemário.

A Associação dos Agricultores Familiares do Município de Cuiabá (Agrifac) representará 2,5 mil agricultores familiares. A sua diretoria é composta por 18 (dezoito) membros, que representam diversos assentamentos de pequenos produtores rurais. O primeiro presidente eleito é o agricultor familiar Dorival Rigotte, do Assentamento Aricazinho.

“O apoio do secretário Dilemário Alencar foi decisivo para a fundação da Agrifac. Agora a categoria vai ficar mais unida, e contará com uma entidade organizada do ponto de vista jurídico e fiscal, para que os pequenos produtores possam ter acesso à emissão de nota fiscal. Essa iniciativa possibilitará vendermos nossos produtos para programas oficiais como: o da merenda escolar e para empresas privadas que exigem nota fiscal. Isso nos garantirá uma renda permanente”, disse Rigotte.

Comercialização para a Merenda Escolar

De acordo com a Lei Federal nº 11.947/2009, os municípios têm o dever de adquirir no mínimo 30% de gêneros alimentícios da agricultura familiar com recursos provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). No ano de 2011, a Prefeitura de Cuiabá investiu 954 mil reais em compras com produtos da agricultura familiar para a merenda escolar.

“Entretanto, a maioria desse recurso não foi gasto com os nossos agricultores da Zona Rural de Cuiabá devido à falta de organização da categoria, pois individualmente, eles não podem vender seus produtos. Com a criação da associação essa realidade vai mudar, porque agora eles poderão, através da associação, vender seus produtos para Secretaria Municipal de Educação e, assim, garantir para cada pequeno produtor uma renda anual de no mínimo R$ 9 mil”, explicou o secretário.

Membros da diretoria e do conselho Fiscal da Agrifac:

Presidente: Dorival Rigotte – Comunidade Aricazinho                                                           

Vice-presidente: Ijosenir Bastos (Irmã Jô) – Comunidade Recanto das Seriemas

1º Secretário: Aumindo Reis – Comunidade Raizama

2º Secretária: Rosineide Berlamino – Comunidade São Jerônimo

1º Tesoureira: Elisabethe Beatriz – Fazenda Mineira

2º Tesoureira: Luzia Rosa – Cinturão Verde

Diretor de Comunicação e Assuntos Sociais: Clayton José – Comunidade Nova Conquista

Diretor do Polo I: Sebastião de Almeida – Comunidade Pai Joaquim

Diretora do Polo II: Catarina Maria – Comunidade Raizama

Diretora Suplente: Berenice Maria – Comunidade Bela Vista

Diretor Suplente: Junildo Bertula – Comunidade Machado

Diretor Suplente: Rute de França – Comunidade 21 de Abril

Conselheiro Fiscal: Paulo Augusto Benetti – Comunidade Bela Vista

Conselheiro Fiscal: Ademario – Comunidade Pai Joaquim

Conselheiro Fiscal: Thomaz Fermandes – Comunidade São Jerônimo

Conselheiro Fiscal Suplente: Gonçalo Calixto – Comunidade 21 de Abril

Conselheira Fiscal Suplente: Rita Virgilio – Comunidade 21 de Abril

Conselheira Fiscal Suplente: Marilza Oliveira – Comunidade Recanto das Seriemas.

Fonte:  Cristina Borges/ Assessoria SMTDE-3645-7250