Dia do Esporte Motor Petrobras atrai 20 mil pessoas em São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 26 de outubro de 2003 as 17:08, por: cdb

Quase 20 mil pessoas compareceram neste domingo ao Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, para assistir ao Dia do Esporte Motor Petrobras. O público acompanhou um show de manobras radicais e de velocidade dos pilotos de Kart, Mini-Baja, Stock Car, Fórmula Truck, TC 2000, Equipe Petrobras Lubrax (que disputa o rali Paris-Dakar, entre outros) e Pick-up Racing. A grande estrela da festa foi o piloto colombiano de Fórmula 1, Juan Pablo Montoya, que acelerou sua Williams na pista do Sambódromo. Em seguida, para delírio do público, Montoya dirigiu pela primeira vez um caminhão de Fórmula Truck.

O piloto colombiano ressaltou, em entrevista coletiva, sua satisfação em trabalhar para uma equipe parceira da Petrobras.

– A Petrobras tem o melhor combustível do mundo. Boa parte do desempenho da Williams no campeonato deve-se à qualidade da gasolina. E um bom combustível está diretamente ligado à potencia, consumo e desempenho de um carro de Fórmula 1. É impressionante ver na América do Sul uma empresa tão grande e boa para o automobilismo como a Petrobras. Na Colômbia, nunca vi uma empresa patrocinar tantas categorias automobilísticas.

Antes de iniciar a coletiva, Montoya entregou ao ministro extraordinário da Segurança Alimentar, José Graziano, um cheque de R$ 150 mil destinado ao Programa Fome Zero, do Governo Federal. A verba foi arrecadada com a venda de bonés do piloto nos postos BR no primeiro semestre deste ano.

Após as apresentações dos pilotos, o público teve acesso aos bastidores e pôde ver de perto a Williams e os demais carros, motos e caminhões que participaram do show. Os pilotos ficaram impressionados com o entusiasmo do público, que passou duas horas aplaudindo as performances.

Cacá Bueno, piloto de Stock Car, estava emocionado. “Foi um evento único, que valeu muito para mostrar ao público que o automobilismo não se restringe à Fórmula 1, e que tem muita força no Brasil”. Seu irmão, Popó Bueno, destacou a eficiência da organização do evento e a emoção de poder mostrar manobras tão radicais.

Os dois foram assistidos pelo pai, o jornalista Galvão Bueno, que entrevistou Montoya na pista do Sambódromo.

Danilo Dirani, piloto da Seletiva de Kart, campeão da Seletiva em 1999 e atual campeão da Formula 3 Sul-americana, elogiou o ineditismo da Petrobras na realização de um evento voltado a um público totalmente apaixonado pelo automobilismo.

“Foi um grande espetáculo. A Petrobras provou que é uma das empresas que mais apóia o automobilismo de competição no mundo”, disse o piloto da Fórmula Truck Aurélio Batista Félix. Ele foi responsável por um dos momentos mais emocionantes do show, ao detonar uma bomba em um caminhão.