Desmatamento dobra no Norte do país

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de abril de 2004 as 10:50, por: cdb

O desmatamento na fronteira da Amazônia Legal, onde estão situados as principais áreas de floresta, aumentou 133% entre 2002 e 2003, segundo dados da Feema de Mato Grosso. Entre maio de 2001 a maio de 2002, foram desmatados 795 mil hectares. No mesmo período do ano seguinte, a devastação foi de 1,858 milhão – o equivalente a mais de quatro vezes o território do Estado do Rio.

Dessa área, 555 mil hectares tiveram a derrubada autorizada pelos órgãos ambientais. O restante – 1,303 milhão de hectares – foi desmatado ilegalmente.

Os dados foram levantados com base em fotos de satélite fornecidas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Nesta quarta-feira, o Ministério do Meio Ambiente divulga os dados do desmatamento entre agosto de 2002 e agosto de 2003 em todo o País, também com base em imagens do Inpe.