Desfile de 7 de setembro terá na plateia campeões mundiais de natação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de setembro de 2011 as 13:38, por: cdb

Da Agência Brasil

Brasília – Os nadadores Cesar Cielo, Felipe França e Ana Marcela Cunha receberam hoje (6), em Brasília, homenagem dos Correios, estatal que patrocina os esportes aquáticos brasileiros, pelo desempenho obtido no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, disputado em julho na cidade chinesa de Xangai.

Os três atletas conquistaram, ao todo, 4 medalhas de ouro, deixando o Brasil na quarta colocação no quadro geral de medalhas da competição. Ana Marcela Cunha, 19 anos, venceu a maratona aquática de 25 quilômetros (km), Felipe França, 24 anos, os 50 metros (m) nado peito e Cesar Cielo, 24 anos, os 50m borboleta e os 50m nado livre.

Cesar Cielo e Ana Marcela Cunha ficam na capital até amanhã (7), para assistir às comemorações do Dia da Independência a convite da presidenta da República, Dilma Rousseff. Para Cielo, participar do desfile em Brasília mostra o reconhecimento do governo pelas conquistas alcançadas pelos atletas brasileiros.

O presidente da Confederação Nacional de Desportos Aquáticos, Coaracy Nunes, comemorou o convite presidencial. “O esporte aquático nunca teve uma homenagem como essa, feita pela presidenta”, disse ele. O desfile está marcado para começar às 9h de amanhã.

Cielo está se preparando para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em outubro, e para as Olimpíadas de Londres, no ano que vem. Ele disse que espera superar o resultado dos Jogos de Pequim, em 2010, que rendeu a ele a ele a medalhas de ouro nos 50m livre e de bronze nos 100m livre. “Vamos aproveitar o momento bom que da natação brasileira vive, para conseguir bons resultados”, explicou ele.

A nadadora Ana Marcela, primeira mulher a conquistar uma medalha de ouro em campeonatos mundiais de esportes aquáticos, disse que, agora, só espera representar bem as mulheres e as atletas brasileiras no desfile de 7 de setembro. “A gente sempre vem depois. As mulheres são o segundo passo em qualquer esporte, espero que, a partir de agora, sejamos mais valorizadas”, disse a atleta.

Apesar da vitória na maratona aquática de 25km, em Xangai, Ana Marcela não se classificou para a prova de 10km, que é a especialidade dela e que consta do programa dos Jogos Olímpicos de Londres em 2012. Na China, ela terminou a prova na 11ª colocação, a uma posição da última vaga para Londres. Agora, ela se prepara para os Jogos Pan-Americanos, mas vai tentar se classificar para a prova dos 800 m nado livre para tentar realizar o sonho de ir às Olimpíadas.

Edição: Vinicius Doria