DESCOBERTO NA ÁFRICA O PAI DE NOSSOS AVÓS

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 11 de julho de 2002 as 09:31, por: cdb

DESCOBERTO NA ÁFRICA
O PAI DE NOSSOS AVÓS
Uma equipe de 40 pesquisadores, chefiada pelo paleontólogo francês Michel Brunet, da Universidade de Poitiers, descobriu nos desertos da África Central, o crânio de um homídeo, que tem entre 6 e 7 milhões de anos.
A nova espécie foi batizada de “Toumai, esperança e vida”, na linguagem local, nome usado nas crianças nascidas pouco antes da temporada da seca. Mas o nome científico do nosso avô é Sahelantrhopus Tchadensis, em homenagem a região de Sahel, no Chad, aonde foi encontrado.
Toumai foi um macho adulto, com o cérebro semelhante ao do chipanzé, mas com osso frontal, proeminente e face plana. É possível que já andasse sobre duas pernas. Toumai pode ser o primeiro homem-primata, o que empurra a idade do homem um milhão de anos para trás e lava o Australopithecus africanus, para o segundo fóssil mais antigo encontrado pelo homo-sapiens. É provavelmente o famoso Elo Perdido, que os paleontólogos buscam incansavelmente há dois séculos.