Desabamentos matam seis em São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de janeiro de 2005 as 13:17, por: cdb

Seis pessoas morreram e pelo menos nove ficaram feridas em deslizamentos de terra, entre a madrugada e a manhã desta quarta-feira, no ABC paulista, segundo o Corpo de Bombeiros. Os deslizamentos são conseqüência da forte chuva que atingiu São Paulo na tarde desta terça-feira.

Entre os mortos há cinco crianças. Uma delas, de sete anos, morreu em um soterramento por volta das 3h na favela Girassol, na Vila Esperança, em São Bernardo do Campo. Às 3h20, barracos de uma favela na rua Visconde de Umuarama, no Jardim Silvina, também São Bernardo, foram destruídos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, cinco pessoas morreram nesse local – quatro seriam crianças. Três pessoas ainda estariam soterradas no local e ainda não há informação sobre seu estado. Outras oito pessoas foram socorridas com vida.

Em Santo André, também no ABC, uma criança que estava soterrada na rua Rio Oiapoque, no Parque Miami, foi resgatada com vida. Um deslizamento de terra atingiu barracos da região por volta das 8h40.

A chuva que atingiu a cidade de São Paulo e a região do ABC deixou mais de 70 pontos de alagamento, invadiu casas e a Prefeitura de São Bernardo, causou o transbordamento de córregos e deixou ruas da Lapa (zona oeste) e de Santo André (região metropolitana) sem luz. No Rio de Janeiro, algumas regiões também ficaram sem energia. Os córregos Aricanduva (zona leste) e Pirajussara (zona oeste), na capital, transbordaram.