Deputado responde à crítica de Lula

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 3 de janeiro de 2006 as 14:08, por: cdb

O deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) respondeu, também nesta terça-feira, às últimas afirmações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a inexistência do “mensalão” em entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo, no domingo. Para o relator da CPMI dos Correios, o presidente comete um erro ao continuar a negar a existência deste esquema.

– Não adianta mais intermediários darem interpretações. A CPI é pública, midiática, em tempo real, em que o cidadão vê a testemunha com olhar de juiz. Então, a população está acompanhando e formando uma opinião pessoal e direta. Não adianta alguém ficar falando se tem prova se não tem provas. Nem a imprensa vai conseguir mudar o que está sendo visto pelo cidadão dentro de casa. Dizer que o Fernando Collor foi absolvido pela Justiça não adianta nada para a população.

Segundo o relator, há diferença entre o julgamento político, o julgamento judiciário e o julgamento da sociedade.

– Não vai ser o relatório do relator que vai convencer ninguém – disse.

Segundo o deputado, quem for contra o seu relatório final deve assumir o ônus da decisão. Serraglio fez vários elogios ao PT e disse ver um lado positivo da entrevista do presidente Lula, que é o reconhecimento de que erros foram cometidos. Por outro lado, o relator disse que gostaria de fazer um “alerta” ao PT, para que não apóie “a engenharia feita na Câmara”.