Deputado do PL deixa o partido revoltado com Costa Neto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 1 de fevereiro de 2005 as 21:54, por: cdb

O deputado Mauricio Rabelo (TO) encaminnhou hoje carta ao presidente nacional do Partido Liberal, deputado ValdemarCosta Neto (SP), comunicando sua desfiliação do PL. Ontem, Rabelo recebeu carta de Costa Neto informando que sua permanência na legenda “não será mais tolerada” e sugerindo que ele providenciasse o imediato desligamento dos quadros do partidários.

O argumento do presidente do PL exigir a saída de Rabelo foi que o deputado se llicenciou do mandato em janeiro, cedendop lugar para a suplente, que é do PSDB, às vésperas da eleição da Mesa Diretora da Cãmara e das escolhas das comissões técnicas,

Em sua carta ao presidente do PL, Mauricio Rabvelo informou que sua licença do cargo de deputado foi por razões médicas e familiares e que são improcedentes as alegações de que estaria prejudicando, a disputa pelos cargos da Mesa da Câmara. “Estranho a forma e os termos da carta enviada por V.Exa., uma reação que julgo desproporcional e despropositada”, reclama Rabelo.

Ao encerrar a carta, Mauricio Rabelo afirmou que comunicva sua desfiliação “não por temer as ameaças de V.Excia, uma vez que existem as instancias partidarias adequadas, mas em protsto contra a atitude descabida, ditatorial e andidemocvrtaica de V.Excia”.