Depoimento de filho de empresários mortos é adiado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 2 de abril de 2004 as 03:57, por: cdb

O depoimento dos filhos de Luiz Carlos foi transferido pela segunda vez. Desta vez, para esta sexta-feira. O empresário Luiz Carlos Rugai e sua mulher Alessandra Trotino foram encontrados mortos no último domingo, na casa dele em Perdizes, zona oeste de São Paulo.

Gil, o filho mais velho de Rugai, trabalhava no departamento financeiro da produtora e foi afastado dias após o desfalque. Ainda não se sabe se há ligação entre o desfalque e o afastamento de Gil.

Uma equipe do Instituto de Criminalística de São Paulo retirou para análise a porta de entrada da sala de vídeo que foi arrombada no dia do assassinato do casal. Uma sacola com fitas de vídeo e produtos de higiene pessoal também foram levados pelos peritos. Além disso, a polícia está tentando identificar de quem são as pegadas encontradas entre os corpos das vítimas.

Na casa das vítimas funcionavam a produtora a Referência Filmes e um estúdio de gravação de comerciais. Testemunhas informaram que Rugai havia identificado um desfalque de aproximadamente R$ 100 mil na produtora.