Delegado da PF baleado passa bem

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 7 de outubro de 2002 as 00:04, por: cdb

O delegado Lourenzo Pompilho, 43 anos, atingido por um tiro de um fuzil AR-15, durante assalto na madrugada de ontem no Rio de Janeiro, passa bem.

Pompilho é chefe do setor de Entorpecentes da Superintendência da Polícia Federal no Rio. Ele está internado no hospital Copa D’Or.

O policial teve a perna esquerda atravessada pelo tiro, depois que seu carro foi roubado por um grupo fortemente armado, na Rua 24 de Maio, no bairro do Riachuelo, zona norte da cidade.

O coordenador médico do hospital, Maurício Forneiro, disse que o delegado teve muita sorte, porque a bala atravessou a coxa, mas só afetou músculos. Segundo o médico, o tiro poderia ser fatal se tivesse atingido alguma artéria ou veia. O policial ficará em observação por mais 48 horas, fazendo apenas curativos no ferimento.