Delcídio pede ajuda do governo para prejudicados por chuvas no MS 

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de março de 2011 as 14:40, por: cdb

O senador Delcídio Amaral (PT-MS) manifestou nesta terça-feira (22) a preocupação da bancada do seu estado com relação às dificuldades enfrentadas pelo governo e a população em consequência das fortes chuvas que atingiram 18 municípios sul-mato-grossenses neste mês. Segundo o senador, o governo do Mato Grosso do Sul vai precisar de R$ 110 milhões para recuperar a infraestrutura afetada e possibilitar o escoamento da safra.

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, esteve no Mato Grosso do Sul, informou o senador, comprometendo-se a disponibilizar para o governo do estado, na segunda-feira, R$ 5 milhões. Mas, segundo o senador, os recursos ainda não foram liberados.

– Nós, evidentemente, vamos insistir, não só com o ministro da Integração, mas com os demais ministros, porque no Mato Grosso do Sul a população está sofrendo e os produtores rurais passam por dificuldades – afirmou.

Delcídio Amaral disse que as perdas agrícolas causadas pelas chuvas no Mato Grosso do Sul passarão de R$ 1,5 bilhão. Alguns produtores, informou, chegaram a perder 70% da safra.

O senador informou que esteve nesta terça-feira com a direção do Banco Central e que deve ir também ao Tesouro Nacional, com o objetivo de solicitar a aprovação, na reunião do Conselho Monetário Nacional, de uma resolução que garanta um tratamento adequado do Banco do Brasil para os produtores que tiveram perdas em suas lavouras.

Segundo o senador, o Banco do Brasil já se antecipou, informando que, independentemente de resolução, vai discutir uma solução com os produtores rurais.

O parlamentar também registrou as perdas que vêm sofrendo os pecuaristas da região do Pantanal, severamente atingida pelas cheias. O senador citou dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), segundo os quais o prejuízo para a pecuária daquela região será de quase R$ 200 milhões.

Da Redação / Agência Senado