Defesa pedirá habeas corpus para organizador de show no PR

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 4 de junho de 2003 as 19:39, por: cdb

A defesa do promotor de eventos Athayde Oliveira Neto, 22, responsável por organizar o show “Unidos pela Paz”, que deixou três mortos e 25 feridos no Jockey Club de Curitiba (PR), no último sábado, entrará na próxima quinta-feira com um pedido de habeas corpus no Tribunal de Alçada Criminal. “Amanhã, pela manhã, será protocolado o habeas corpus”, disse o advogado Raul de Cassius Rangel.

Com prisão temporária de cinco dias decretada sob acusação de homicídio culposo (sem intenção), Oliveira Neto permanece foragido. No entanto, segundo o advogado, independentemente do resultado da análise do habeas corpus pela Justiça, o rapaz deverá se entregar até a próxima sexta-feira.

No pedido, a defesa alegará que a polícia sabia da ocorrência do evento, o que é negado pela corporação. “Vamos mostrar que as autoridades tinham conhecimento do fato”, disse o advogado.