Decreto tomba antiga sede da Portela

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de abril de 2004 as 09:55, por: cdb

A memória do samba foi reverenciada nesta segunda-feira por meio de decreto municipal de tombamento provisório do imóvel onde se instalou a primeira sede do Grêmio Recreativo Escola de Samba Portela, na Estrada do Portela 446, em Madureira, atualmente utilizado pela Velha Guarda da agremiação. A Portela campeã de 21 carnavais festejou 81 anos no último domingo e tem sede na Rua Clara Nunes 81, no mesmo bairro. Com essa iniciativa da Prefeitura, o prédio será preservado e qualquer obra em suas instalações só poderá ser realizada com análise e autorização do Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural.

A Velha Guarda da Portela, uma das mais autênticas expressões da cultura popular carioca, mantém na área tombada as principais características do samba de Madureira e Oswaldo Cruz desde a fundação da escola, em 1923, quando Paulo da Portela estruturou-a sob o tripé que unia arte, dignidade e lazer. A Velha Guarda portelense é formada, atualmente, por nomes lendários do samba como Monarco, Casquinha, Jair do Cavaquinho, Argemiro, Darci do Pandeiro e as pastoras Surica, Eunice, Áurea Maria e Doca, entre outros.