De volta à Câmara, Maia diz que base ainda negocia venda de bebidas em estádios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de março de 2012 as 15:27, por: cdb

De volta ao comando da Câmara, após exercer Presidência da República interinamente desde segunda-feira, o presidente Marco Maia informou que a liberação da venda de bebidas alcoólicas durante a Copa ainda está sendo objeto de acordo.

Segundo ele, pode ser aprovado o texto original do governo sobre a Lei Geral da Copa (PL 2330/11), que é omissa sobre as bebidas e deixará essa negociação para a Federação Internacional de Futebol (Fifa) com os estados que têm legislação que proíbe a venda de bebidas. “Há uma construção sendo feita nesse momento para se chegar a uma proposta única a ser apoiada. A expectativa é que se possa votar o texto original enviado pelo governo”, disse Maia.

O PSDB já anunciou que vai pedir a votação em separado do dispositivo que libera a venda das bebidas nos estádios.

Ele disse ainda que o acordo feito na noite de ontem, que encerrou uma crise na Câmara, foi feito “a três mãos”, com a participação dele, dos líderes do governo e da oposição, e de integrantes do governo.

Código Florestal
O acordo fechado prevê a votação do Código Florestal até o final de abril, mas ainda não há data definida. “Até lá vamos construir um acordo para chegar ao melhor projeto, que dê aos agricultores a segurança jurídica necessária para manter a produção de alimentos e aos ambientalistas as condições para proteger o meio ambiente”, disse.

Tempo real:16:42 – Plenário inicia sessão para votar Lei Geral da Copa16:19 – Reunião de líderes confirma acordo para votação da Lei da CopaÍntegra da proposta:PL-2330/2011Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Regina Céli Assumpção