Custo de missa do Papa no Brasil pode chegar a R$900 mil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2007 as 11:05, por: cdb

Cerca de 500 mil pessoas devem acompanhar a missa que o papa Bento XVI celebrará em Aparecida, em São Paulo, no dia 13 de maio. A previsão é do administrador do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, padre Hélcio Vicente Costa, que nesta sexta fez a apresentação do projeto do altar que está sendo construído em frente à basílica para a realização da missa. A cerimônia custará cerca de R$ 900 mil.

O valor inclui a construção do altar e toda a infra-estrutura para receber os membros da igreja, autoridades e fiéis. A missa começará às 10h e tem duração prevista de duas horas. Ela marcará a abertura da 5ª Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe, evento que se estende até o final de maio em Aparecida e que reunirá cerca de 300 bispos do continente.

No total, o altar terá 5,5 m de altura e 800 m2 de área. Nas duas laterais do altar haverá espaço para 400 bispos e mil padres. Ali o papa celebrará a missa acompanhado de seis cardeais, cujos nomes não foram divulgados, e de seu cerimonialista, o monsenhor Piero Marine. De acordo com Testa, o papa rezará em português.

Nas duas laterais do altar haverá espaço para 400 bispos e mil padres. As cerca de 400 autoridades convidadas acompanharão a missa em uma área à frente do altar. O restante do pátio da basílica será ocupado pelos fiéis. Por conta do número estimado de romeiros, o estacionamento do santuário estará fechado.

De acordo com o padre, cerca de 2.000 jornalistas devem cobrir o evento. A eles será reservado espaço na ponta do arco que cerca o pátio da basílica. – A nossa expectativa é que fique tudo pronto até o início de maio – disse o administrador do santuário.