Curitiba trabalha para combater dengue

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de dezembro de 2010 as 11:40, por: cdb
Desde o início deste ano, foram localizados 62 focos do mosquito na capital paranaense

Técnicos da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba abordaram, nesta sexta-feira, motoristas nos pedágios das rodovias BR-101 e BR-116 para distribuir folhetos com orientações sobre as ações de combate à dengue.

A mobilização tem o objetivo de reverter o crescimento no número de casos da doença no município. Em 2009, seis moradores da capital paranaense tiveram dengue. Neste ano, o número subiu para 73. Em todos os casos, a contaminação ocorreu fora de Curitiba.

Entre as recomendações, estão a aplicação de repelentes para evitar aproximação do mosquito, usar roupas que cubram o corpo e preferir locais onde há telas de proteção.

Quem tiver sintomas semelhantes aos da dengue deve procurar um médico. São eles: dor de cabeça, febre alta, dor no fundo do olho, no corpo e nas articulações, prostração, manchas vermelhas e náuseas.

Este mês, agentes da prefeitura inspecionaram mais de 23 mil imóveis, entre residências, prédios e estabelecimentos comerciais e de serviços.

Desde o início deste ano, foram localizados 62 focos do mosquito na capital paranaense. As autoridades permanecem em alerta para evitar novos casos. Locais considerados de risco, como borracharias e depósitos de materiais de construção, são visitados a cada 15 dias.

Comments are closed.