Cubanos são julgados por ameaçar Guarda Costeira dos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de abril de 2004 as 00:39, por: cdb

Dois primos cubanos que ameaçaram com uma faca de metal e um instrumento para remover feno agentes da Guarda Costeira dos EUA, em uma frustrada e desesperada tentativa de chegar com segurança à costa da Flórida, podem ser condenados a até 20 anos de prisão, disseram autoridades na última segunda-feira.

Javier Morales-Molina, de 27 anos, e Reinaldo Molina-Morales, de 30, serão julgados por ameaçar guardas com ‘mortais e perigosas armas’.

O incidente ocorreu em 6 de maio de 2003, em um extremamente raro caso de violência durante tentativa de imigração clandestina de cubanos.