Cuba substitui ministro da economia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 26 de março de 2011 as 13:35, por: cdb

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O governo cubano anunciou hoje (26) a saída do ministro de Economia e Planejamento, Marino Murillo Jorge, que estava no cargo desde 2009. Em seu lugar assumirá o engenheiro Adel Yzquierdo Rodriguez. Murillo passará a ser o responsável pela coordenação da execução de medidas econômicas que estimulam a iniciativa autônoma dos profissionais. As informações são do jornal oficial cubano, Granma.

Rodriguez ocupou cargos de chefia em várias estatais e também no Departamento de Planejamento e Economia. Em comunicado, o governo informou que Murillo, mesmo fora do ministério, será responsável pelas agências da área de Economia e Planejamento.

Pelo comunicado, o governo informou também que Murillo, como coordenador do Comitê de Política Econômica do 6º Congresso do Partido que vai supervisionar a aplicação das medidas adotadas para atualizar o modelo da economia cubana.

No ano passado, o governo cubano autorizou uma série de profissionais a ter seu próprio negócio, como cabeleireiros. A estimativa é que 5 milhões de trabalhadores consigam aderir às novas medidas. Até meados de 2010, apenas 148 mil têm licença para ter o próprio negócio.

As mudanças na economia foram estimuladas pelas dificuldades causadas por 49 anos de embargo econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos. Em todas instâncias internacionais, os representantes do governo cubano se queixam das consequências de quase meio século de restrições.
 

 

Edição: Rivadavia Severo

América LatinaInternacionalcubaeconomia