Cuba registra menor índice de mortalidade infantil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de janeiro de 2002 as 22:07, por: cdb

Cuba teve o menor índice de mortalidade infantil de sua história em 2001. O índice de mortalidade infantil deste país, ao lado do Canadá, é o mais baixo das Américas, de acordo com a Unicef.

Segundo a organização, em Cuba, seis crianças morrem em cada mil antes de completarem um ano de idade. Cuba conseguiu deixar para trás os Estados Unidos – que ficaram com a terceira posição – onde sete em cada mil crianças morrem antes de completar um ano.

Cuba e Canadá se juntam ao grupo de nações que ocupam o quarto lugar na lista dos países com o menor índice de mortalidade infantil no mundo. Segundo o jornal Granma, órgão oficial do partido comunista, que governa Cuba, “isto só foi possível por uma indeclinável vontade política do governo revolucionário, que apesar das condições econômicas adversas coloca entre suas prioridades o bem-estar da saúde da população”.

A Guatemala tem o índice mais alto das Américas com 45 mortes em cada mil crianças com menos de um ano, enquanto o Brasil está na 14ª posição com 34 mortes em cada mil crianças.