Cruzeiros já trouxeram 9,3 mil turistas a Vitória; esta quinta tem nova escala

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 12:33, por: cdb

Publicada em 25/01/2012, às 14h09

Por Fabrício Faustini

Cruzeiros já trouxeram 9,3 mil turistas a Vitória; esta quinta tem nova escala

Elizabeth Nader

O navio, que permanecerá atracado até as 19 horas, tem capacidade para 1.850 passageiros e 615 tripulantes

O transatlântico Grand Holiday/Ibero aportará no porto de Vitória, nesta quinta-feira (26), ao meio-dia, cumprindo a sexta escala da temporada 2011/2012. O navio, que permanecerá atracado até as 19 horas, tem capacidade para 1.850 passageiros e 615 tripulantes.

Nas cinco escalas nesta temporada, iniciada em dezembro de 2011, os navios já trouxeram 9.3 mil passageiros que conheceram os atrativos turísticos de Vitória. As embarcações também trouxeram 3.1 mil tripulantes.

A partir das 13 horas, a escola de samba Imperatriz do Forte irá se apresentar na Praça Oito e os visitantes terão a oportunidade de conhecer de perto um pouco da animação do carnaval de Vitória.
Deverão embarcar cerca de 550 passageiros procedentes de vários Estados e do próprio Espírito Santo.

Eles retornarão a Vitória na escala do dia 2 de fevereiro após uma semana de viagem. O Grand Holiday vem de Salvador e, de Vitória, zarpa para Búzios e Rio de Janeiro. O navio pesa 46 toneladas, tem 222 metros de comprimento e viaja a 21 nós. São 730 cabines, três piscinas, sendo uma infantil, além de três jacuzzi.

Recepção

Uma estrutura especial foi preparada no Armazém 5 pela Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) em parceria com a Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa). No espaço, foram construídos banheiros e lanchonetes que servem ao conforto e comodidade dos passageiros.

Técnicos da Semtur atendem os turistas prestando informações e distribuindo material promocional. agentes Comunitários e de Trânsito, da Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu), dão suporte controlando o fluxo de veículos e orientando os pedestres nas faixas de segurança. Operadores, guias de turismo e agentes marítimos também têm estrutura apropriada para fazer o atendimento aos turistas.

Com edição de Deyvison Longui