Cruzeiro vence o Ipatinga e é o novo campeão mineiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 2 de abril de 2006 as 19:31, por: cdb

O Cruzeirovenceu o Ipatinga na tarde deste domingo, por 1 a 0, e lavou a alma. Além de tirar a invencibilidade do rival mineiro, sagra-se campeão de 2006. Wágner abriu o placar aos 46 minutos do primeiro tempo. Dependendo da vitória, o time de Paulo César Gusmão começou o jogo com tudo para cima do Ipatinga, enquanto a equipe da casa jogava na base dos contra-ataques. Aos três minutos, Élber recebeu um cruzamento, mas a zaga conseguiu desarmar o lance.

Élber tocou para Gil, ao 22 do primeiro tempo, que perdeu em baixo da trave. Dois minutos depois, o lateral Jonathan sentiu a coxa e PC foi obrigado a gastar sua primeira substituição com Luizinho. Aos 29, Marinho Donizete aproveitou uma brecha no lado esquerdo e chutou para Fábio fazer uma boa defesa. No rebote, a zaga cruzeirense mandou para escanteio. Quando o primeiro tempo parecia ter acabado, Júlio césar fez novo cruzamento, Élber tentou de letra, a bola bateu na trave e sobrou para Wágner, que não desperdiçou. O Cruzeiro vai para o intervalo na vantagem.

O Ipatinga voltou com Jaílton, no segundo tempo, em lugar de Leandro Salino, para melhorar a armação da equipe. A Raposa ficou boa parte da etapa final se segurando. Walter Minhoca e Camanducaia levavam muito perigo ao gol de Fábio. Aos 37, Diego Silva perdeu uma chance incrível de empatar a partida. Logo depois, foi a vez de Alecsandro assutar a meta ipatinguense. Aos 44, o Tigre botou a bola dentro do gol, mas o bandeira marcou impedimento, que originou uma pequena confusão em campo. Os donos da casa reclamaram muito.

Ficha Técnica

Ipatinga 0 x 1 Cruzeiro

Local: Estádio Ipatingão, em Ipatinga (MG)
Árbitro: Alvaro Azeredo Quelhas
Gols: Wágner aos 46 do primeiro tempo.
Cartões Amarelos: William, Marinho donizete (IPA) Luizinho, Júlio César, Gil, Leandro Bofim, Edu Dracena (CRU)

Ipatinga
Rodrigo Posso; Dênis, William, Teco, Marinho Donizete; Paulinho, Léo Medeiros, Leandro Salino (Jaílton) (Cristian), Walter (André); Diego Silva e Camanducaia.Técnico: Ney Franco

Cruzeiro
Fábio; Jonathan (Luizinho), Edu Dracena, Moisés, Júlio César; Fábio Santos, Diogo, Wagner (Jonílson) e Leandro Bomfim; Gil e Élber (Alecsandro). Técnico: Paulo César Gusmão