Cruzeiro tenta fechar com Liédson

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 8 de dezembro de 2002 as 19:05, por: cdb

A negativa da Roma em emprestar novamente o atacante Fábio Júnior, artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro, com 12 gols, levou os dirigentes do Cruzeiro a intensificarem as negociações para contratar um jogador para a posição. Liédson, que disputou a competição nacional pelo Flamengo, aparece como o nome com maiores chances de se transferir para a Raposa.

João Alberto, presidente do Prudentópolis, de Presidente Prudente, clube que possui 70% do vínculo contratual de Liédson, é esperado em Belo Horizonte, nesta segunda-feira, juntamente com o procurador do jogador, Vinícius Mendes. Os dois devem se reunir com o presidente eleito do Cruzeiro, Alvimar de Oliveira Costa, para definir a situação do atacante, que desperta também o interesse do Flamengo em sua permanência.

Outra negociação confirmada pela diretoria cruzeirense é com o também atacante Araújo, do Goiás. Mas esse negócio é considerado mais complicado por causa da possibilidade de uma transferência do jogador para o exterior. “A demora é natural por causa do desejo de um contrato no futebol internacional, mas se isso não se concretizar há a possibilidade do acerto com o Araújo”, afirmou Alvimar Perrella, como é mais conhecido o dirigente celeste.

Sem a possibilidade de permanência de Fábio Júnior, o Cruzeiro deve tentar realmente a contratação de dois atacantes. E a permanência de outros jogadores da posição do atual elenco cruzeirense depende do êxito dessas negociações.

No momento, fazem parte do grupo de atletas da Raposa, Marcelo Ramos, Alessandro e Lucas, estes dois últimos emprestados, além de Joãozinho, que foi afastado pelo técnico Wanderley Luxemburgo, por indisciplina, durante o Brasileiro.

Há a possibilidade de o jogador ser reintegrado ao grupo para a disputa da próxima temporada. Mas a situação ainda está indefinida. Já Marcelo Ramos foi citado por Alvimar Perrella como jogador disponível para uma troca. O dirigente cruzeirense propôs a troca dele por Guilherme, cujo vínculo contratual ainda pertence ao Atlético-MG, caso o jogador não continue no Corinthians.

O atual presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, tem retorno previsto ao Brasil, nesta segunda-feira. Ele foi a Itália negociar com a Roma a permanência de Fábio Júnior, mas foi oficialmente informado que o atacante deverá ser emprestado a outro clube europeu, na troca por algum jogador que possa reforçar a equipe romana.