Cruz Vermelha quer arrecadar 75 milhões de euros para meses de guerra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de março de 2003 as 15:26, por: cdb

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR) pedirá à comunidade internacional 110 milhões de francos suíços (75 milhões de euros) para os quatro primeiros meses de um possível conflito militar no Iraque, segundo anunciou nesta segunda-feira, o presidente do Comitê, Jakob Kellenberger.

Segundo Kellenberger, que divulgou o pedido de ajuda depois de uma reunião com a ministra federal suíça de Assuntos Exteriores, a socialista Micheline Calmy-Re, a organização pedirá, em seguida, mais 200 milhões de francos (137 milhões de euros) para suas operações no Iraque durante um ano.

Atualmente, o CICR funciona graças a uma ajuda adicional de apenas 16 milhões de francos (quase 11 milhões de euros) obtida em outubro passado para seus preparativos no Iraque.

Kellenberger afirmou que o CICR manterá sua presença no Iraque inclusive em caso de guerra, sendo a única organização humanitária internacional a permanecer no país.

Atualmente, há dez funcionários do Comitê Internacional da Cruz Vermelha não iraquianos trabalhando em Bagdá e na região curda, somados aos 260 funcionários locais.

Kellenberger disse que a organização conseguiu uma garantia de segurança por parte dos envolvidos no conflito e lembrou que é uma tradição do CICR manter suas atividades pelo maior tempo possível no caso de uma guerra.

Em caso de guerra, o CICR lembrará às partes envolvidas a necessidade de que que o direito internacional humanitário seja respeitado, o que significa, acima de tudo, distinguir civis de combatentes.

Kellenberger disse também que, em caso de guerra, o CICR fornecerá uma primeira ajuda aos feridos e a cerca de 150 mil deslocados, mas está preparado para atender até meio milhão de pessoas.

O CICR, que dispõe de bases logísticas e de cerca de 150 colaboradores expatriados nos países vizinhos como Jordânia, Síria, Irã e Kuwait, reforçou nas últimas semanas suas reservas de remédios e água.