Cratera no Humaitá prejudica trânsito e abastecimento de água

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de maio de 2006 as 12:48, por: cdb

O asfalto da pista, sentido Botafogo, da Rua Humaitá, na altura da Rua Engenheiro Marques Porto, cedeu, no início da manhã desta quarta-feira, criando uma cratera de 20 metros de diâmetro. Não houve registro de feridos. Suspeita-se que uma tubulação tenha rompido e provocado o acidente. 

Duas faixas foram interditadas e o trânsito está complicado nas proximidades. Apenas uma pista do sentido Botafogo nas proximidades da esquina das ruas Humaitá com Engenheiro Marques Porto, onde houve o desmoronamento do asfalto, está liberada para o tráfego.

A assessoria da CET-Rio informou que o outro sentido da Humaitá terá mão dupla até o Jardim Botânico para melhorar as condições de tráfego na descida para Botafogo. Os reflexos da mudança já são sentidos em toda a rua Jardim Botânico.

A Cedae informou que o acidente pode prejudicar o fornecimento de água nos bairros de Botafogo, Copacabana, Jardim Botânico e Lagoa por tempo indeterminado. A companhia pede aos moradores desses bairros que economizem água. Agentes da Companhia Estadual de Águas e Esgotos estão aguardando a liberação para prosseguir com a manutenção da tubulação.

Técnicos da Coordenadoria-Geral de Conservação da Secretaria Municipal de Obras estão no local do incidente para avaliar os danos causados à galeria de águas pluviais. A Cedade recebeu multa de aproximadamente R$ 2.300,00  por danos causados ao logradouro público. Além disso, foi intimada a recuperar todo o logradouro no prazo máximo de 48 horas.