CPI das Sangussugsa quer cópia de depoimento de Abel Pereira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de outubro de 2006 as 16:02, por: cdb

O vice-presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Sanguessugas, deputado Raul Jungmann (PPS-PE), vai pedir à presidência da CPI que solicite a Polícia Federal depoimento prestado pelo empresário Abel Pereira nesta segunda-feira em Cuiabá. Ele é acusado de integrar o esquema da compra superfaturada de ambulâncias durante do governo Fernando Henrique Cardoso.

O deputado voltou a reclamar sobre a falta de regras claras para acesso aos documentos na comissão. Para tentar resolver a questão, ele protocolou requerimento na CPI para que o vice-presidente, relator, sub-relator e seus assessores tenham acesso a todo material produzido e disponibilizado pelo órgão.

– Estou querendo regras claras para que a gente possa trabalhar e tenha uma boa produção -, disse. O requerimento ainda deverá ser votado por deputados e senadores.

Jungmann disse que a criação de toda CPI é um ato “politizado”, mas disse que isso não pode ser usado como argumento para desqualificar os trabalhos.

– O parlamentar, sendo responsável, é livre para dizer o que quiser -, afirmou.

Nesta terça-feira, o presidente da comissão, deputado Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), condenou tentativa de uso político da CPI.

– Continuarei utilizando todo aquilo que for possível para evitar esse clima de disputa eleitoral. Parece que alguns integrantes da Comissão não estão agindo da mesma forma. Tanto é que quando estou aqui as coisas se acalmam; quando volto para o Rio de Janeiro, no outro dia começam as entrevistas e a surgir documentos -, explicou.