CPI das Sanguessugas marca depoimentos para a próxima semana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 27 de outubro de 2006 as 16:54, por: cdb

A CPI das Sanguessugas deverá começar a ouvir na próxima semana envolvidos na tentativa de compra de um dossiê que apontaria o envolvimento de políticos tucanos no esquema de compra superfaturada de ambulâncias com recursos do Orçamento.

Para a próxima terça-feira, foram marcados depoimento de Gedimar Passos, Valdebran Padilha e Jorge Lorenzetti. Passos e Padilha foram presos em São Paulo com cerca de R$1,7 milhão que seriam utilizados na compra do dossiê. Lorenzetti chefiava o núcleo de informações e inteligência da campanha à reeleição de Lula. Em depoimento à Polícia Federal, admitiu ter interesse no dossiê, mas que recusou pagar por ele.

Lorenzetti entrou no Supremo Tribunal Federal com pedido de hábeas corpus. De acordo com o STF, ele quer preservar as garantias constitucionais de investigado, e não prestar as informações como testemunha para que não seja compelido a firmar termo de compromisso.
Deste modo, ele teria assegurado o direito ao silêncio, a fim de não se auto-incriminar, bem como o de ser assistido por advogado, no depoimento. O pedido será analisado pelo ministro Carlos Ayres Britto.