Coritiba não depende do próprio resultado para se classificar na Libertadores

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de abril de 2004 as 03:45, por: cdb

Depois do empate por 1 a 1 contra o Olimpia, no Paraguai, na noite da última terça-feira, o Coritiba passou a não depender do próprio resultado contra o Sporting Cristal (Peru), na última rodada da primeira fase da Copa Libertadores da América, para se classificar.

Na próxima terça-feira, data dos dois últimos jogos do grupo, a torcida alviverde terá de esperar que o Rosario Central (Argentina) não vença o Olimpia jogando em casa. Em caso de triunfo dos argentinos, termina qualquer esperança coritibana de continuar na disputa. Se houver empate por 0 a 0 neste jogo, bastaria ao time paranaense ganhar do líder Sporting por 2 a 0, no Couto Pereira, para ficar com a segunda vaga do grupo 9.

Se acontecer um empate com gols na Argentina, o Coritiba teria de ganhar sua partida por três gols de diferença. Isso porque o terceiro critério de desempate, depois do saldo e gols a favor, é o número de gols feitos fora de casa, no qual os brasileiros levam desvantagem em relação aos dois adversários diretos pela vaga.

Outra alternativa de classificação passa por uma vitória do Olimpia sobre o Rosario por um gol de diferença. Desta maneira, o time paranaense também precisaria bater o Sporting fazendo três gols de saldo para passar de fase.

A tarefa pode ficar mais árdua se os paraguaios fizerem uma diferença maior. Caso vençam por dois gols, o Coritiba precisaria de quatro. Se conseguirem três, restaria ao time paranaense vencer por cinco. E assim por diante.

Mas os jogadores preferem não se preocupar com as contas e sim tentar manter a concentração para vencer o clube peruano por uma boa diferença. ¿Não vai adiantar nada ficarmos pensando na matemática. Primeiro temos que fazer o possível para ganhar bem e depois ver se o outro resultado ajudou¿, afirmou o zagueiro e capitão Reginaldo Nascimento.

– Além disso, temos a primeira final do paranaense contra o Atlético-MG no sábado e precisamos entrar com força total para reverter a vantagem deles – completou, lembrando que o rival joga por dois empates na decisão do campeonato estadual, que começa três dias antes do Coritiba enfrentar o Sporting Cristal pela Libertadores.