Corintianos defendem Fabinho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de outubro de 2003 as 20:59, por: cdb

O elenco e a comissão técnica do Corinthians são unânimes em afirmar: Fabinho não teve culpa pela derrota para o Atlético-PR ao marcar um gol contra no segundo tempo.

– Ele não tinha o que fazer naquele lance. O Fabinho tentou tirar a bola e foi empurrado pelo Rogério Corrêa. Infelizmente, ele deu azar, mas não tem qualquer culpa – aponta o técnico Juninho Fonseca.

A opinião é compartilhada pelo goleiro Doni, a maior vítima da jogada que permitiu a reação do Furacão paranaense. “O Fabinho é um ótimo jogador, marca bem e dá segurança à defesa. Ele tentou tirar a bola. Não podemos crucificar ninguém por causa de um lance”.