Corinthians vence Grêmio e segue líder do Brasileiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de agosto de 2011 as 23:35, por: cdb

Na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Corinthians recebeu o Grêmio para voltar a se distanciar de seus adversários na briga pela liderança. O Timão se reabilitou da derrota no clássico para o Palmeiras com uma vitória por 3 a 2.

O alvinegro segue líder, com 40 pontos ganhos, enquanto o Tricolor gaúcho segue rondando a zona de rebaixamento, com 21 pontos.

Com menos de 30 segundos de partida, o Grêmio teve sua primeira chance, com Marquinhos, que bateu mal na bola. O Corinthians foi para o ataque e passou a pressionar mais nos primeiros minutos.

Marquinhos tentou novamente aos seis minutos, em chute cruzado, que Júlio César não conseguiu defender, mas a bola foi pela linha de fundo. Aos oito, o Timão teve grande chance em finalização de Alessandro, que desviou em Liédson. Victor, mesmo caído, conseguiu erguer o braço e tocar a bola pela linha de fundo.

Aos 16, o Corinthians teve pênalti marcado a seu favor quando Adílson empurrou Emerson na disputa de bola. Chicão bateu e abriu o placar do Pacaembu.
 
Na sequência, Liédson completou cruzamento da direita, mas a bola foi por cima do gol. Aos 24, o atacante voltou a tentar após erro da defesa gremista, mas na hora do chute, Victor apareceu para a defesa. O Grêmio respondeu com cruzamento que André Lima completou, porém Júlio César ficou com a bola.

Aos 33, Júlio César, do Grêmio, bateu forte na bola e o homônimo corintiano fez difícil defesa. Depois, Escudero fez a jogada e Júlio César defendeu novamente. o Grêmio buscava sair mais para o ataque, atrás do gol de empate.

O Tricolor conseguiu o gol na bola parada, aos 40 minutos, com o ex-corintiano Douglas. Na cobrança, a bola passou pela barreira e foi no canto direito de Júlio César.

O Corinthians iniciou o segundo tempo ameaçando o Grêmio com pressão em seu campo de ataque. Liédson bateu de longe aos dois minutos, mas a bola passou perto do gol. Depois, o camisa 9 voltou a tentar, desta vez de cabeça, mas a bola ficou com Victor.

A primeira boa chance gremista veio no chute de longe de Escudero, que assustou Júlio César. Douglas, aos dez minutos, mandou uma bomba, defendida pelo goleiro corintiano. O Grêmio apertava mais o Corinthians, que tentava achar o contra-ataque.

O Corinthians desempatou aos 19 minutos, com Paulinho. Jorge Henrique fez o passe para o volante, ele aproveitou a hesitação da defesa gremista para bater para o gol.

Três minutos depois, o terceiro gol corintiano. Após cruzamento na área, Liédson dominou e chutou. A bola deu rebote e, depois de bate-rebate, Ramon chutou para o gol.

O Corinthians ficou com um a menos com a expulsão de Liédson, após atingir Edcarlos na disputa de bola no meio-de-campo. O Grêmio aproveitou e chegou ao segundo gol aos 28, com André Lima. Douglas bateu escanteio, Edcarlos fez o toque e o atacante colocou a bola no gol corintiano.

Edenílson acabou expulso aos 33 minutos, ao demorar demais para deixar o campo na hora em que seria substituído por Wallace, que acabou entrando no lugar de Emerson. O Grêmio foi ao ataque e Brandão teve duas chances para marcar o gol de empate, mas acabou desarmado em ambas.

O Tricolor aproveitou os minutos finais para fazer pressão e André Lima teve grande chance para empatar o jogo ao ficar cara-a-cara com Júlio César, mas o goleiro corintiano defendeu. A pressão gremista seguiu, mas o Corinthians segurou o resultado até o apito final.

O Corinthians visita o Coritiba na próxima rodada. O Grêmio recebe o Atlético-PR.

Ficha técnica

Corinthians 3 x 2 Grêmio/RS

Corinthians: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Paulo André e Ramon (Welder); Ralf, Paulinho, Edenílson e Danilo (Jorge Henrique); Emerson (Wallace) e Liedson.
Técnico: Tite.

Grêmio (RS): Victor; Adilson, Saimon, Vilson (Edcarlos) e Julio Cesar; Fernando, Fábio Rochemback, Douglas, Marquinhos (Brandão) e Escudero (Leandro); André Lima.
Técnico: Celso Roth.

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO);
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (GO) e Fábio Pereira (TO);
Quarto arbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP);
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo;
Data: Dia 31 (quarta-feira), às 18h.

Gols: Chicão (COR) de pênalti, 17’ 1T – Douglas (GRE) de falta, 40’ 1T – Paulinho (COR) 19’ 2T – Ramon (COR) 33’ 2T – André Lima (GRE) 28’ 2T –

CA: Grêmio: Adilson, Fabio Rochemback, Leandro e Douglas  –  Corinthians: Edenílson e Liedson

CV: Liedson e Edenílson