Corinthians perde o jogo, ganha campeonato, mas não leva taça

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 4 de dezembro de 2005 as 22:31, por: cdb

A derrota para o Goiás, por 3 a 2, não impediu que o Corinthians erguesse a taça de campeão brasileiro, no Serra Dourada, neste domingo. Mas o Campeonato ainda está sub júdice, devido a uma liminar da Justiça do Rio Grande do Sul, que impede a CBF de conceder o título ao time paulista. A medida judicial, no entanto, não impediu que os corintianos festejassem o título. O juiz Mauro Borba, do Foro Central do Rio Grande do Sul, aceitou os argumentos do advogado Leandro Konrad Konflanz, que entrou com liminar solicitando que o Corinthians não fosse proclamado campeão, caso a diferença para o Internacional fosse inferior a quatro pontos.

As derrotas do time paulista e do Inter, de 1 a 0 para o Coritiba, levaram o Corinthians a encerrar o Nacional com 81 pontos, contra 78 da equipe gaúcha. Torcedores do Inter questionam na Justiça o processo de anulação dos 11 jogos apitados por Edílson Pereira de Carvalho, acusado de participar de um esquema de resultados para favorecer apostadores de sites de apostas, feita pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O Inter, no entanto, alega que o rival foi “beneficiado” com a remarcação das partidas. O Corinthians foi derrotado por Santos e São Paulo nas partidas canceladas. No repetição dos jogos, o time de Parque São Jorge derrotou o Santos e empatou com o time do Morumbi. O Goiás encerra sua participação no Nacional-05 em terceiro lugar com 74 pontos e classificação para a Taça Libertadores do próximo ano.