Corinthians está a uma vitória da classificação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 6 de novembro de 2002 as 21:29, por: cdb

Maior campeão Paulista da história, o Corinthians ainda não derrotou os seus principais adversários do Estado no Campeonato Brasileiro.

Nesta quinta-feira, contra a Portuguesa, no Pacaembu (às 20h30), o alvinegro pode quebrar este pequeno tabu e, de quebra, garantir uma vaga nas finais da competição.

Jogadores e comissão técnica afirmam que estão preocupados apenas em garantir matematicamente a classificação. Afinal, segundo as estatísticas, mais três pontos serão suficientes (o Timão soma 38 pontos). Porém…

“É sempre bom ganhar dos nosso rivais”, comentou Gil, revelado nas categorias de base do Corinthians.

O Timão empatou com São Paulo e Palmeiras (2 x 2) e perdeu para o Santos (4 x 2). Ainda contra times paulistas, foi goleado pelo São Caetano (3 x 0), manteve a igualdade diante do Guarani (0 x 0) e venceu apenas a Ponte Preta (1 x 0).

Embora atento aos números, Carlos Alberto Parreira decretou. “Estamos competindo com outras 25 equipes. Ninguém aqui lembra disso”, afirmou.

Em relação à presença do alvinegro nas quartas-de-final do nacional, os atletas lamentam o fato de terem perdido para o Fluminense (2 x 0), domingo. “Poderíamos estar sossegados agora”, lamentou Kléber.

O grupo teme que a ansiedade possa atrapalhar o Timão na reta final. “Estamos próximos da vaga mas não estamos classificados. Temos que garantir isso logo para não ter problemas nas últimas rodadas”, alertou o capitão Fábio Luciano. Restam mais quatro jogos ao Corinthians.

A Portuguesa ocupa uma posição intermediária na competição. Com 27 pontos, aparece na 17ª posição e tem poucas chances de classificação (apenas 2%). Também não é uma das cotadas a cair para a segunda divisão.

“Isso não quer dizer que eles não virão para cima”, projetou o atacante Deivid. “Independente do momento deles, um descuido poderá ser fatal”, comentou Rogério.

Parreira não terá problemas para escalar o Corinthians. Ânderson cumpriu suspensão e retorna à equipe. Leandro (outro que havia recebido o terceiro amarelo) também está liberado e ficará à disposição no banco de reservas.

Edu Marangon, no entanto, não contará com um dos seus principais jogadores: o goleiro Bosco, suspenso. Marcello Moretto será o seu substituto.

Em compensação o volante Lelo e Édson Araújo voltam ao time. Ricardo Oliveira, que se recupera de contusão, não tem presença confirmada.

CORINTHIANS x PORTUGUESA

Data: 07/11/2002 (quinta-feira)
Horário: 20h30
Local: Pacaembu, em São Paulo
Juiz: Romildo Correia (SP)
Transmissão: PPV

Corinthians
Doni; Rogério, Fábio Luciano, Ânderson e Kléber; Vampeta, Fabinho e Renato; Deivid, Guilherme e Gil.
Técnico: Carlos Alberto Parreira

Portuguesa
Marcelo Moretto; Luiz Henrique, César e Júnior; Ricardo Lopes, Rocha, Lelo, Sandro Fonseca (Jamir) e Júlio; Ricardo Oliveira (Alex Alves) e Édson Pelé
Técnico: Edu Marangon