Coral Dons & Tons apresenta o musical ‘O Menino Gigante’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 13:36, por: cdb

Reunião começa a definir detalhes da apresentação

Depois de subir ao palco com o compositor e cantor Toquinho, o Coral Cênico Infantil Dons & Tons vai se apresentar novamente em parceria com a Orquestra Municipal de Jundiaí. Desta vez em um desafio ainda maior. As crianças, que são regidas por Silmara Drezza, vão apresentar o musical inédito “O Menino Gigante”, de Cezar Elbert.

O musical de Cézar Elbert será apresentado pela primeira vez

Para começar a acertar os detalhes do novo espetáculo, a secretária de Cultura, Penha Camunhas Martins, reuniu-se com o produtor musical Cezar Elbert, a regente do coral, Silmara Drezza e maestrina da Orquestra, Claudia Feres.

O espetáculo, que será apresentado pela primeira vez após sua composição, já tem data marcada para apresentação, em 23 de setembro. O Parque da Uva irá abrigar o espetáculo, que ainda contará com percussão corporal. “Esse é mais um desafio, uma nova etapa a ser vencida pelos pequenos cantores, que evoluem dia a dia”, comentou Silmara.

Para a secretária de Cultura, o musical é a consolidação do Coral Dons & Tons. “Trazer o musical do Cezar e promover uma grande apresentação em conjunto com a Orquestra Municipal é mais uma consagração para os pequenos cantores.”

A maestrina Claudia Feres disse que “as crianças têm uma postura de palco muito boa, que foi passada pela Silmara”, disse. “É ima honra acompanhá-los”, confirmou.

O musical “O Menino Gigante” é de autoria de Cezar Elbert e nasceu da música homônima. Segundo Cezar, o espetáculo fala sobre a natureza brasileira. “Falamos sobre o serrado, pampa, mata atlântica, entre outros. O musical iniciou com a música “O Menino Gigante” que, inclusive, foi apresentada pelo coral Bacarelli, com acompanhamento da cantora Sandy, no Criança Esperança 2011”, comentou o produtor musical.

Musical “O Menino Gigante”
Direção vocal:
Silmara Drezza
Regência: Claudia Feres
Produção: Cezar Elbert
Direção Cênica: Carlos Faustini e Reynaldo Puebla
Arranjos: Jether Garotti Junior

Fotos: José Aparecido dos Santos