Copom deve anunciar corte de até 1,5 pontos nos juros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 21 de outubro de 2003 as 11:17, por: cdb

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) volta a se reunir nesta terça-feira para definir se faz ou não novas alterações na taxa básica de juros da economia (Selic). A decisão será anunciada na quarta-feira, após o fechamento dos mercados. Se os juros caírem novamente, será a quinta redução seguida feita pelo governo Lula.

Na primeira vez em que isto aconteceu (redução da Selic), no mês de junho, o BC optou pelo corte de 0,5 ponto percentual. No mês seguinte, cortou 1,5. Em agosto, a Selic caiu 2,5 pontos percentuais, uma redução acima do esperado pelo mercado, na época. Em setembro, o corte de 2 pontos percentuais veio de encontro com a expectativa dos analistas, que apostavam em uma redução entre dois e três pontos.

Em junho, depois de deixar a taxa Selic estacionada em 26,5% desde fevereiro, o BC começou a cortar os juros, por entender que a inflação está convergindo para as metas. Apesar de o mercado futuro apontar para corte de Selic de 1,50 ponto percentual, pesquisa Reuters revela a divisão das apostas. De 20 analistas consultados, 13 esperam queda de 1 ponto e sete apostam em corte de 1,50 ponto, para 18,5%. Com redução de 1 ou 1,5 ponto, a Selic descerá ao menor nível desde setembro do ano passado, quando estava em 18%.