Cópias de Harry Potter e a Ordem da Fénix são roubadas na Inglaterra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 17 de junho de 2003 as 14:28, por: cdb

Milhares de exemplares do quinto volume das aventuras de Harry Potter, avaliados em 1,4 milhões de euros, foram roubados no último domingo no norte de Inglaterra, anunciou nesta terça-feira a polícia britânica.

As cópias do muito esperado Harry Potter e a Ordem da Fénix – que seriam distribuídas por diversas livrarias a tempo do lançamento oficial da obra, na próxima sexta-feira à noite – encontravam-se no interior de um camião estacionado numa zona industrial em Newtown-le-Willows.

A polícia de Merseyside informou que o camião, roubado no último domingo, foi posteriormente encontrado em Salford, Greater Manchester, já vazio.

– O camião está a ser examinado e estamos a fazer um apelo a testemunhas – disse Caroline Foran, porta-voz da polícia de Merseyside, advertindo ainda que todos aqueles que tenham obtido o livro “de forma não legítima” poderão ser levados à justiça.

Foran não adiantou o número exato de cópias desaparecidas, mas disse que o seu valor está estimado em cerca de um milhão de libras (1,4 milhões de euros).

O quarto livro da saga de Joanne Kathleen Rowlings, Harry Potter e o Cálice de Fogo, bateu o recorde de vendas na Grã- Bretanha durante o primeiro fim-de-semana nas livrarias, em Julho de 2000.

A nível mundial, foram já vendidos 190 milhões de exemplares dos quatro primeiros volumes das aventuras de Potter.

Harry Potter e a Ordem da Fénix, o quinto volume das aventuras do pequeno mágico de Poudlard, é um terço mais longo que o anterior, com 768 páginas, e tem um quilograma de peso.

Em Maio, um funcionário da empresa que imprimiu o quinto volume do “Harry Potter” tentou vender algumas páginas do livro ao jornal The Sun, por 35.000 euros.

Os jornalistas daquele tablóide apresentaram queixa às autoridades, que condenaram o homem a 180 horas de trabalho comunitário.