Copa do Mundo para robôs terá mais de 100 equipes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 16 de setembro de 2003 as 14:13, por: cdb

Mais de cem equipes de 22 países, entre eles Espanha, Argentina, México e Equador, disputarão em Viena, de 28 de setembro a 3 de outubro, a Copa do Mundo de futebol para robôs. As equipes, que competirão em nove categorias diferentes, são formadas por pequenos robôs em forma de dado, com no máximo 7,5 centímetros e 600 gramas de peso, os quais se movimentam sobre rodas a uma velocidade de 2,5 metros por segundo e disputam uma pequena bola de golfe.

Os robôs, que estão equipados com dois radares, bateria e direção eletrônica, no futuro também terão sensores, isto é, olhos e ouvidos. Uma câmera situada sobre um campo de dez metros quadrados se encarrega de transmitir 60 imagens por segundo para dois computadores, um por equipe, de onde são coordenadas as ações dos jogadores. Cada um destes robôs custa cerca de mil euros.

A Copa do Mundo de futebol para robôs é disputada anualmente desde 1996 e é um reflexo do avanço tecnológico. De acordo com Peter Kopacek, professor da Universidade Técnica de Viena e capitão da equipe austríaca, “há um caráter industrial por trás desta competição, já que mais tarde podemos aplicar a experiência adquirida através do jogo em funções mais complexas”.