Conversa com Hillary foi informal e divertida, diz Chávez sobre encontro com norte-americana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 2 de janeiro de 2011 as 10:00, por: cdb

Brasília – O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, classificou a conversa dele com a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, como “informal e divertida”. Chávez e Hillary conversaram por cerca de 15 minutos ontem (1º) durante a cerimônia de posse da presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. Chávez cedeu o lugar dele na fila de cumprimentos para Hillary, que aceitou e foi na sua frente cumprimentar Dilma.

“Saudamos no momento que ela estava entrando no salão [Salão Leste do Planalto] e tinha um sorriso muito espontâneo e eu a saudei da mesma forma. Foi um momento agradável, falamos de duas ou três coisas específicas”, disse o presidente da Venezuela.

Venezuela e Estados Unidos vivem um momento político e diplomático delicado. Chávez não aceitou a nomeação do novo embaixador norte-americano na Venezuela. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por sua vez, determinou a saída do embaixador venezuelano em Washington.

Chávez antecipou sua viagem a Caracas e cancelou o encontro que teria hoje (2) com Dilma. As informações são da imprensa oficial da Venezuela, a Agência Venezuelana de Notícias (AVN). O presidente da Venezuela também conversou com o primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, e os presidentes do Chile, Sebastián Piñera, e da Colômbia, Juan Manuel Santos.

“Há pessoas interessadas em ajudar, Sócrates, Santos e Lula, que fez um grande esforço para ajudar as relações entre a Venezuela e os Estados Unidos. Espero que isso nos ajude iniciar um novo sistema de relações baseadas no respeito”, disse ele.

Segundo Chávez, o próximo presidente estrangeiro a visitar a Venezuela será o do Uruguai, José Pepe Mujica. “Eu conversei com Pepe Mujica, que me disse que quer nos visitar porque eu tinha uma viagem para lá [Uruguai], mas não pude ir. Então concordamos em nos visitar no final de janeiro”, afirmou ele.

Edição: Talita Cavalcante

Leia também:

Dilma recebe mensagem da presidenta argentina reforçando intenção de manter diálogo com Brasil Dilma inicia primeiro dia de trabalho no Palácio do Planalto com reunião com príncipe espanhol