Conservadores do Parlamento europeu conseguem vetar exigência de Schröder

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de julho de 2003 as 11:01, por: cdb

No Parlamento europeu, conservadores aliados do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, bloquearam nesta quinta-feira a exigência feita pelo chanceler da Alemanha, Gerhard Schröder, de que o chefe do governo da Itália pedisse desculpas oficiais por ter comparado o deputado alemão Martin Schulz a um nazista.

Após duas horas de debates sobre a crise, os líderes partidários no Legislativo da União Européia decidiram que o presidente do Parlamento europeu, Pat Cox, deve pedir para Berlusconi encontrar “uma solução tranqüila e equilibrada” para o caso.