Conmebol quer 36 clubes na Libertadores

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 1 de julho de 2003 as 13:37, por: cdb

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) pretende aumentar o número de participantes da Taça Libertadores da América de 32 para 36 equipes.

A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo presidente da entidade, o paraguaio Nicolás Leoz, durante entrevista coletiva realizada em São Paulo.

Caso a mudança seja aprovada, Venezuela, México, Brasil e Argentina ganham mais uma vaga na competição. Atualmente, os clubes venezuelanos e mexicanos disputam duas vagas em uma seletiva para a Libertadores. Pela nova proposta, dois clubes de cada país estariam automaticamente classificados para o torneio.

O aumento do número de clubes participantes atenderia um pedido da Fox, emissora que possui dos direitos de transmissão da Libertadores, que quer garantir a presença de representantes mexicanos para aumentar o interesse pela competição no país.

A alteração ainda está sendo negociada com Fox e TNT, detentora dos direitos de TV, pois acarretaria um aumento na cota paga aos clubes. Na edição de 2002, cada clube recebeu US$ 180 mil por jogo.

Se for aprovado, o aumento do número de participantes também obrigará uma mudança na fórmula de disputa, mas a Conmebol ainda não definiu qual seria o novo formato.