Conjunto habitacional é invadido por sem-teto em Sergipe

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de outubro de 2003 as 21:59, por: cdb

Um conjunto inacabado na periferia de Itabaiana foi invadido nesta terça-feira por mais de cem famílias. O local estava abandonado há um ano, quando as obras para a construção do núcleo foram interrompidas.

As famílias tomaram conta das casas e dizem que não vão deixar o lugar porque não têm condições de pagar aluguel. Funcionários da Companhia de Habitação e Obras Públicas (Cehop) estiveram no local e disseram que, a exemplo do que vem ocorrendo em situações semelhantes, a Cehop irá recorrer à Justiça para conseguir a reintegração de posse.

As casas ficam a três quilômetros do Centro de Itabaiana, no bairro Luiz Conceição. São unidades geminadas, voltadas para a população de baixa renda. A construção do conjunto começou há dois anos, mas há pouco mais de um ano as obras tiveram que ser interrompidas por falta de recursos. A verba para a construção depende do Orçamento Geral da União.

De acordo com o prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo, as obras foram paralisadas faltando apenas 30% para serem concluídas. Ele disse ainda que os serviços estavam sendo reiniciados quando as famílias invadiram de repente as casas. Para o prefeito, essa ação irá prejudicar o andamento da obra, que estava prevista para ser entregue até o mês de dezembro.