Confronto entre polícia e camelôs na capital paulista

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de novembro de 2006 as 10:50, por: cdb

Nas ruas da região do Brás, bairro próximo ao centro de São Paulo, houve confronto entre policiais militares, guardas municipais e ambulantes que voltaram a montar suas barracas fora do bolsão legalizado pela Prefeitura.

A tradicional “feirinha da madrugada” é formada por aproximadamente 5 mil vendedores clandestinos.

O confronto entre a Tropa de Choque da Polícia Militar e os camelôs começou por volta das 6h desta quinta-feira. Bombas de efeito moral foram lançadas para afastar os ambulantes.

Segundo a Guarda Municipal, a montagem da feirinha começa por volta das 4 horas, mas o maior movimento de clientes tem início às 6h e segue até as 8h30, quando as lojas começam abrir.

Os ambulantes não cadastrados reivindicam um espaço para que possam trabalhar na região e a  Prefeitura acusa os camelôs que ficam fora do bolsão de tumultuarem a região.