Condoleezza Rice sob fogo cerrado democrata no Senado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de janeiro de 2005 as 04:51, por: cdb

Senadores democratas aproveitaram o debate de terça-feira sobre a nomeação de Condoleezza Rice como secretária de Estado para criticar a administração de Bush em relação à guerra do Iraque. Segundo o site CNN.com, os parlamentares disseram que, na sabatina, Condoleezza se esquivou das perguntas sobre seu papel na guerra.

A senadora da Califórnia Barbara Boxer, uma dos dois democratas a votarem contra a nomeação de Rice no Comitê de Relações Exteriores do Senado, afirmou que as respostas da então conselheira de Segurança Nacional para suas questões foram “completamente insensíveis”, o que colocaria em dúvida sua credibilidade. 

– O presidente Bush, no dia de sua posse, falou sobre levar a liberdade aos países que não a têm. Ele só não especificou como fará isso. Eu fico preocupada com o envio de tropas para missões militares baseadas na retórica dele. Essas ações mostram por que essas questões são importantes- destacou Boxer.

Nesta quarta-feira, o Senado vota a confirmação de Condolezza como substituta de Colin Powell no Departamento de Estado. Apesar das críticas recebidas por ela, alguns democratas devem demonstrar apoio. O líder republicano no Senado, Bill Frist, disse na terça que espera que a nomeação de Condoleezza seja aprovada pelos senadores “com uma esmagadora maioria”. Se confirmada, ela será a segunda mulher a ocupar o cargo.