Comunicado da presidência da CBF

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 24 de março de 2012 as 10:11, por: cdb

 José Maria Marin e presidente da Federação do Chile Sergio Jadue firmam acordo para Copa América 2015 ser realizada no Chile, e a de 2019, no Brasil

– Foto: CBF

A CBF comunica que a Copa América 2015, que seria realizada noBrasil, será disputada no Chile. No encontro que tiveramontem, em São Paulo, o presidente José Maria Marin e o presidenteda Federação de Futebol do Chile Sergio Jadue firmaram o documentoque foi enviado à Conmebol chancelando a mudança. O documento que sela o entendimento entre as duasconfederações para que a Copa América 2015 seja disputada noChile acorda igualmente que o Brasil passe a ser a sede dacompetição em 2019.- Já nos encontros que tive na semana passada, na Commebol, emAssunção, e na AFA, em Buenos Aires, o assunto foi discutido eencaminhado para uma solução em que prevaleceram o bom senso eo entendimento entre as partes.O presidente da CBF explica que a mudança passapelo entendimento que não faria sentido realizar a CopaAmérica no Brasil em meio a tantos eventos grandiosos que o paísvai sediar: em 2013, a Copa das Confederações, em 2014, a Copado Mundo, e em 2016 as Olimpíadas do Rio de Janeiro.Mais do que isso, prevaleceu o argumento apresentado pelopresidente José Maria Marin de que a Copa América 2015 noBrasil provocaria uma interferência no calendário eprincipalmente afetaria os clubes brasileiros. E exatamente emum ano em que a sua competição mais importante, o CampeonatoBrasileiro viverá a expectativa de ser um dos maisempolgantes da sua história.- Os clubes ficariam prejudicados, pois certamente o Brasileiroteria de ser paralisado, justamente em um ano que tem tudo paralevar multidões aos jogos, pois será realizado logo após aCopa do Mundo, com toda a estrutura que a maior competição defutebol do planeta deixará, com estádios modernos e todo umambiente positivo que poderá se instalar no país.A mudança para sediar a Copa América veio consolidar tambéma boa parceria que se formou entre as duas confederações. Opresidente José Maria Marin destacou o comportamento corretode seu companheiro chileno.- Temos com o presidente Sergio Jadue uma relação muito boa, demuita cordialidade e principalmente de entrosamento como grandealiado em vários projetos para o desenvolvimento do futebol naAmérica do Sul.O presidente José Maria Marin acertou também com Sergio Jadue oseu comparecimento para os eventos que celebrarão ocinquentenário da Copa do Mundo de 1962 do Chile, em que o Brasilconquistou o bicampeonato.- Será uma honra estar presente para comemorar uma Copa emque todo o país se mobilizou e superou grandes dificuldadespara realizar uma brilhante Copa do Mundo e que nos traz grandesrecordações. Foi lá, com o carinho do povo chileno, queconquistamos o bicampeonato. Estarei lá para festejar com osmeus companheiros da Federação do Chile mas também para agradecer oapoio do povo chileno.Os 50 anos do bicampeonato mundial do Chile e os 10 anos dopentacampeonato na Coreia do Sul/Japão, que serão cumpridos neste2012, serão celebrados em um evento nesta temporada paramarcar as duas grandes conqustas.