Comissões discutem uso de transatlânticos para hospedagem na Copa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 25 de junho de 2012 as 12:57, por: cdb

As comissões de Viação e Transportes; e de Turismo e Desporto promoverão nesta quarta-feira (27) audiência pública para debater problemas relacionados aos cruzeiros marítimos e ao setor hoteleiro para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

A iniciativa do debate é do deputado Carlos Eduardo Cadoca (PSC-PE) e do suplente Alberto Mourão (PSDB-SP). Eles ressaltam que gestores públicos cogitaram a hipótese de aproveitar os transatlânticos usados em cruzeiros turísticos como meio para hospedagem de estrangeiros que vierem aos dois megaeventos esportivos. O problema, relatam os autores do pedido de audiência pública , é que até o momento os organizadores das competições não se manifestaram oficialmente sobre o assunto, o que atrapalha o planejamento das empresas de transportes marítimos de passageiros.

“Uma estratégia para esse uso demanda um planejamento de pelo menos dois anos. Os obstáculos a serem superados são muitos, que exigem, dos responsáveis por cruzeiros marítimos, contratos e compromissos milionários no exterior”, afirma Cadoca.

Com relação aos hotéis, Cadoca e Mourão destacam que o setor tem sofrido reclamações por parte da Federação Internacional de Futebol (Fifa). Segundo a entidade, a atual rede hoteleira nas cidades-sede da Copa é insuficiente e não tem condições de atender aos turistas que virão ao País para o evento.

Foram convidados para o evento:
– representantes da Casa Civil da Presidência da República e dos ministérios do Turismo; e do Esporte;
– o secretário-executivo da Secretaria Especial de Portos, Mário Lima Júnior;
– o presidente de Autoridade Pública Olímpica (APO), Márcio Fortes de Almeida;
– o presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar), Ricardo
Amaral;
– o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Enrico
Fermi Torquato; e
– o presidente do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), Roberto Rotter.

A reunião será realizada no Plenário 11, às 10 horas.

Da Redação/MO